27 de dezembro de 2021

Dicas

SEO Marketing: 7 estratégias para ranquear seu site

Independente do formato ou do tipo de mídia utilizada na sua estratégia digital, SEO e marketing complementam-se.

Pode ser utilizado podcasts, vídeo ou até mesmo artigos de blog – como este que você está lendo.

Todavia, sem um bom material, escrito de forma otimizada, as chances que você tem de ser encontrado diante da quantidade de conteúdo que tem na internet não será uma das melhores. E por isso, queremos ajudar a sua performance diante da sua estratégia no marketing digital.

Preparado para conseguir atrair mais leads e gerar mais resultados no seu negócio? Vamos lá!

 

1ª. Ajeite e faça ajustes por meio de diagnóstico do site e checklist de melhorias

Se pergunte se hoje, a sua empresa está mesmo equipada e preparada para gerar mais tráfego e ter mais resultados por meio da internet?

Quem não quer aparecer no Google e dar destaque ao seu negócio? Todo mundo, mas, nem todos possuem o preparo necessário para isso.

Com isso a primeira dica arrume a sua casa, o que quero dizer é, para você fazer ou contratar especialistas para analisarem seu site e assim saber por onde começar. O SEO checker, que é uma ferramenta 100% gratuita, pode te ajudar nessa fase.

Você apenas precisa digitar o endereço do site que deseja e a ferramenta rastreia todas as suas páginas e URLs, logo após isso, ela classifica-as com uma nota, esta nota vai de 0 a 100. Além disso você obter relatório de problemas pelo nível de prioridade.

 

2ª. Faça o cadastro do seu site no Google Search Console, Google Meu Negócio e no Bing Webmasters

De acordo com algumas pesquisas, o Google possui, hoje, por dia aproximadamente 3,5 bilhões de pesquisas na plataforma. Sendo assim evidente a necessidade de se destacar no maior buscador online para destacar o seu negócio.

Para isso é preciso cadastrar a empresa na plataforma do Google Meu Negócio.

Ela também é gratuita e você ainda ganha com isso um melhor posicionamento na busca orgânica.

Para complementar você deve cadastrar a empresa no Google Search Console, com ela você saberá quais são as palavras-chave que estão fazendo com que as pessoas encontrem o seu site.

E por fim mais uma ótima alternativa, sendo ela o Bing Webmasters, pertencente a Microsoft, lá você pode saber sobre a performance do seu site nos resultados desse buscador.

 

3ª. Defina quais são as palavras-chave mais importantes para o seu negócio e a estratégia

Chegou o momento de inserir as keywords que influenciará as pessoas a clicar nos seus links, ou não, a depender da sua escolha.

A escolha das palavras-chave é uma das mais importantes se não a mais para uma boa estratégia de SEO e marketing e para selecioná-las você pode utilizar o Keyword Planner, do Google. Outra boa opção, é usar o Ubersuggest.

 

4ª. Dê prioridade para as long tail keywords (palavras de cauda longa)

Isso significa buscar indexação e ranqueamento com as chamadas palavras-chave de cauda longa. Assim você irá atrair visitantes para o seu site.

 

5ª. Não deixe de fazer curadoria de conteúdo

Outra forma de conseguir visitantes para o seu site de forma que esteja alinhado com o funil de conversão, é através de uma curadoria de conteúdo.

Com isso, você precisa selecionar posts que tenham relação com os temas que estão em alta.

A ferramenta Buzzsumo pode te ajudar nisso, nela você consegue verificar quais são os conteúdos mais relevantes para as palavras-chave de interesse.

 

6ª. Não deixe de otimizar o código-fonte do site

Para mostrar os resultados em cada página pesquisa de forma hierárquica, o Google utiliza seus rastreadores de conteúdo, mais conhecidos como “robôs do Google”

Esses robôs são guiados por meio dos algoritmos do site, eles constituem em algumas regras as quais determinam as condições indexação e listagem. Eles pegam como referência o código-fonte do seu site. E para otimizar você pode, por exemplo, limpar do seu site tudo o que não seja conteúdo indexável, passando para arquivos externos o que estiver em linguagens como scripts e css.

 

7ª. Tenha maior velocidade de carregamento das páginas do seu site

Além do conteúdo supracitado, os rastreadores de conteúdo do Google e dos demais motores de busca também determinam o ranqueamento com base na velocidade de carregamento do site.

Com isso, uma página mais lenta contará como um ponto negativo e por isso você perde posições nos resultados de busca.

Mas como saber a velocidade de carregamento do e o ideal?

Você pode utilizar o Google PageSpeed Insights para isso. A ferramenta faz uma varredura no site após você inserir a URL do site desejado. Ele também indica alguns fatores que estão deixando o carregamento do site mais lento e por meio dele a própria ferramenta gera um relatório com as possíveis ações que você pode executar para ter uma melhoria.

Posts relacionados

Pronto para realizar suas ideias?

FALE COM UM CONSULTOR